Estrada do Encanamento, 675.

Casa forte

info@emporiopernambucano.com.br

Tel: (81) 9 7914-3028

© 2015 por Empório Pernambucano

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

Aparecida, a santa negra que é padroeira do Brasil

October 12, 2017

 

O rio Paraíba, que nasce em São Paulo e deságua no litoral fluminense, era límpido e transparente quando os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves, resgataram de suas águas a imagem de uma santa negra, era 12 de outubro de 1717. Há exatos 300 anos.

 

 

Os humildes pescadores desceram o rio com a missão de garantir o almoço do conde de Assumar, então governador da província de São Paulo, que visitava a Vila de Guaratinguetá a caminho de Vila Rica-MG. A tradição católica da conta que eles subiam o rio e lançavam as redes próximas ao porto de Itaguaçu, sem muito sucesso, até que recolheram o corpo da imagem. Na segunda tentativa, trouxeram a cabeça e, a partir desse momento, os peixes brotaram ao redor do barco.

.

Católico, Pedroso levou a imagem para casa e lá construiu um pequeno oratório onde recebia as pessoas da vizinhança para rezas e novenas, muito comuns a época. A fama de milagreira da santa negra “Aparecida das águas” foi crescendo no meio do povo e muitas graças alcançadas foram atribuídas a ela por aqueles que rezavam diante da imagem. O oratório construído por Pedroso tornou-se pequeno e em 1734 o pároco local mandou construir uma capela para a santa no alto do Morro dos Coqueiros. Em um país construído por homens escravizados, Aparecida teria soltado as correntes que prendiam as mãos de um negro, quando este ao passar em frente a igreja, implorou por sua proteção. Em 1748 o Padre Francisco da Silveira, em visitar Aparecida, da conta de que a virgem negra “famosa pelos muitos milagres realizados” recebe uma quantidade cada vez maior de peregrinos que caminhavam longas distâncias para agradecer por graças recebidas. Cem anos depois, em 1834, é iniciada a construção de uma igreja maior, chamada hoje de Basílica velha.

 

 

Em 8 de setembro de 1904, a Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi coroada solenemente. A imagem passou a usar, oficialmente, a coroa ofertada pela Princesa Isabel, em 1884, bem como o manto azul-marinho. Exatamente como a conhecemos hoje. Em 1928 o povoado que surgiu ao redor da santa no Morro dos Coqueiros virou o município de Aparecida. Um ano depois a Igreja proclamou a Santa negra Aparecida nas águas do Paraíba, Rainha e padroeira oficial do Brasil.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Blog

Posts em Destaque

Engenho São Pedro e a produção de Cachaça ecologicamente correta

May 5, 2018

1/10
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga nos
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon